Tomar café faz mal ao coração

Um dos pontos que mais gera controvérsia nesses anos todos em que me interessei por uma alimentação mais saudável e também pelos efeitos da alimentação no comportamento do ser humano, uma dos que mais gerou posições contraditórias é se o café faz bem ou mal para o coração. Já falamos dos benefícios do resveratrol para a saúde do coração aqui no blog, mas agora é a vez do café.

Seja você do “team café faz bem” ou do “team café faz mal”, a verdade é que o café tem muita influência em nosso organismo. Uma das descobertas mais recentes é a de que ele pode afastar a tristeza. Essa é a conclusão a que chegou  um estudo feito numa universidade americana. Segundo eles, o consumo da bebida está relacionado a uma menor incidência de depressão na ala feminina.

Popularmente, sabemos que quando precisamos de mais disposição ou de uma dose maior de energia para realizar as tarefas do dia a dia, tomamos um café. Eu, por exemplo, já não tomo apenas para isso. Para mim é por prazer também. mas voltemos ao que diz o estudo.

Segundo cientistas da Escola de Saúde Pública da Universidade Harvard, nos Estados Unidos, consumi-lo com regularidade também diminui a incidência de um mal comum na era moderna: a depressão.  Você sabe como eles chegaram a essa conclusão?

Bem, os pesquisadores estudaram os hábitos de mais de 50 mil voluntárias por dez anos. quando chegaram ao final do período de observação, chegaram à conclusão de que as pessoas que tomavam de duas a três xícaras por dia tinham um risco 15% menor de ter a doença comparadas com as que dispensavam a cafeína.

Surpreso com o fato? Sente-se então para ver a continuação do estudo. Segundo eles, as pessoas “team café faz bem”, aqueles que bebiam mais de quatro doses, o benefício foi ainda maior: o risco de se afundar na tristeza caiu 20%. Veja o que afirmou o chefe dessa pesquisa:

“Ao agir em alguns receptores do cérebro, a cafeína causa efeitos parecidos com os de neurotransmissores associados ao bom humor. Agora precisamos identificar como essa reação protege de sintomas depressivos com o passar do tempo.”

O café pode ajudar no combate à diabetes?

Bem, os benefícios do café não param por aí. Na mesma universidade que fez o estudo associando café ao combate à depressão, descobriu-se que após oferecer café, café descafeinado ou água a 45 pessoas por oito meses, os estudiosos identificaram um aumento nos níveis de adiponectina na turma da cafeína. Segundo o endocrinologista que conduziu o estudo, o café surpreendeu. Disse ele:

“Produzido pelo tecido adiposo, esse hormônio ajuda a insulina a colocar o açúcar dentro das células.”

Como vocês puderam ver, o café pode até não ser o elixir mágico, mas traz diversos benefícios para o corpo.

Você sabia isso tudo que falamos no post de hoje? deixe nos comentários aí se você gosta ou não de café e se sente diferença nos dias em que toma ou não essa bebida deliciosa.

Deixe um comentário