Skip to main content

6 exercícios de variação linguística e concordância verbal




Qualquer aluno que esteja se preparando adequadamente para provas de vestibular e também o Enem sabe que deve fazer bons exercícios de provas anteriores e buscar outros que somem nessa preparação. Hoje em dia as opções são muitas, mas é grande o número de pessoas que se perdem nessas informações e e acabam sendo levados para atividades massivas e que nada ajudam. Não é assim aqui. Nossos exercícios são selecionados e os gabaritos conferidos para que não haja nenhum problema maior na hora de resolver os exercícios. Seja nos exercícios de interpretação, na leitura de propostas de redação ou mesmo fazendo as provas do Enem de anos anteriores, pouco a pouco os alunos vão exercitando a memória e estudando com eficácia. Vamos embora então nas atividades.

AS QUESTÕES DE 01 A 06 DEVEM SER RESPONDIDAS COM BASE NO TEXTO I.

TEXTO I

Biblioteca na palma da mão: a Amazon lança revolução no mercado editorial

A Amazon lança o Kindle, o leitor digital
que recebe livros pela onda do celular

 Carlos Rydlewski

Os primeiros livros feitos com tipos móveis renováveis, predecessores das publicações atuais, surgiram no século XV e semearam uma revolução. Transformaram a leitura em algo popular. Estaremos assistindo a uma nova revolução no conceito de livro? Na semana passada, a Amazon, a maior entre as livrarias on-line, lançou o Kindle, aparelho para ser usado na leitura de textos em formato digital. Não é o primeiro desse tipo de produto, chamado genericamente de e-reader. Mas tem um encanto especial: a conexão direta com a Amazon sem a intermediação de um computador. A livraria oferece 88.000 títulos para download. Há também uma seleção de jornais americanos e europeus, 250 blogs e a Wikipedia, a enciclopédia da web. Nenhum concorrente chega perto em número de publicações.




O conteúdo é baixado para o Kindle por telefonia celular, sem custo para o usuário. Já os livros e jornais precisam ser pagos. Um título recém-lançado sai por 9,99 dólares. Obras de catálogo são vendidas por menos de 1 dólar. Seja qual for o número de páginas da obra, o tempo de download não chega a ser um problema. O aparelho armazena em torno de 200 livros. O teclado permite consulta a textos arquivados e à Wikipedia. “O Kindle pode não substituir os livros, mas faz coisas que eles não fazem”, disse Jeff Bezos, dono da Amazon, no lançamento do produto. O Kindle não é barato – custa 399 dólares, o preço de um iPhone. Pesa 300 gramas. É ligeiramente mais grosso que um lápis e tem o formato aproximado de um livro-padrão. Ou seja, pode ser carregado numa pasta sem causar incômodo. O visor, com 15 centímetros na diagonal, usa tecnologia criada pela E-Ink, empresa que nasceu no Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT). A tela é constituída por cápsulas microscópicas, preenchidas por pigmentos pretos e brancos. Estes são ativados por uma corrente elétrica, formando as letras. Ao contrário dos computadores e dos celulares, quanto mais claro o ambiente, mais nítida fica a tela.

Os e-readers surgiram no fim dos anos 90. Nenhum deles emplacou. Pioneiros como o SoftBook e o Rocket eBook eram caros (500 dólares), pesados (1,5 quilo) e tímidos em termos tecnológicos (nem sonhavam com downloads por rede sem fio). A Sony produziu duas versões de livros digitais entre 2004 e 2006: o Librié e o Reader. O primeiro naufragou. O segundo tem vendas modestas. Tornou-se um produto de nicho. Em 2006, surgiu o iLiad, da iRex Technologies. Era mais leve que os primogênitos, mas ainda assim pesado: quase 400 gramas. A oferta de amplo conteúdo permite à dupla Kindle-Amazon um sonho mais ambicioso: representar para o mercado editorial o que outra dupla, a Apple-iPod, significou para a indústria fonográfica – uma reviravolta monumental.

(Folha de São Paulo, 22/11/2007)

QUESTÃO 01 (Descritor: depreender de uma afirmação explícita outra afirmação implícita.)

Assunto: Procedimento de leitura/variação linguística e concordância verbal.

 

Considerando-se as informações do texto, assinale a alternativa INCORRETA.

A) O livro digital, lançado pela Amazon, recebe o conteúdo via telefonia celular, sem ônus para o usuário.

B) A tecnologia digital para livros é bastante recente e não encontra concorrência no mercado.

C) O livro digital apresenta como vantagem o fato de dispensar o computador como intermediador.

D) Um atrativo do livro digital lançado pela Amazon é capacidade de memória, em torno de 200 livros além de outros arquivos.

E) O livro digital da Amazon pode representar uma grande “revolução” no mercado editorial.

 

QUESTÃO 02 (Descritor: identificar a ideia central de um texto.)

Assunto: Procedimento de leitura/variação linguística e concordância verbal.

 

O principal objetivo desse texto é

A) informar os leitores sobre um novo aparelho eletrônico.

B) discutir a influência da internet na rotina dos jovens.

C) apresentar o avanço das tecnologias virtuais.

D) conscientizar os leitores sobre a existência de livros digitais.

E) confrontar a existência de livros digitais com outros suportes.

QUESTÃO 03 (Descritor: depreender de uma afirmação explícita outra afirmação implícita.)

Assunto: Procedimento de leitura/variação linguística e concordância verbal.

 

Em relação ao lead do texto, pode-se afirmar que ele sugere

A) ceticismo diante do assunto a ser abordado.

B) otimismo em relação ao tema.

C) crítica à postura do mercado editorial.

D) impessoalidade em relação à opinião do articulista.

E) imparcialidade frente ao assunto a ser discutido.




QUESTÃO 04 (Descritor: identificar relações de concordância dentro da oração.)

Assunto: Concordância verbal/variação linguística e concordância verbal.

 

Em relação às sentenças abaixo, extraídas do texto, foram feitas algumas considerações acerca da concordância verbal. Assinale a alternativa cuja consideração esteja INADEQUADA.

A) “Há também uma seleção de jornais americanos e europeus(…).” – O verbo haver não apresenta sujeito, portanto, deve permanecer sempre na terceira pessoa do singular.

B) “Nenhum concorrente chega perto em número de publicações.” – O verbo está na terceira pessoa, concordando com o sujeito simples ‘nenhum concorrente’.

C) “Tornou-se um produto de nicho.” – O verbo está na terceira pessoa do singular, porque o sujeito da sentença é indeterminado pela partícula SE.

D) “Estes são ativados por uma corrente elétrica, formando as letras.” O verbo concorda com o pronome demonstrativo ‘estes’, que retoma, no contexto, ‘pigmentos pretos e brancos’.

E) “Em 2006, surgiu o iLiad, da iRex Technologies.” – O verbo concorda com o sujeito simples ‘o iLiad, posposto a ele.

 

QUESTÃO 05 (Descritor: reconhecer uso de linguagem figurada na construção de um texto.)

Assunto: Conotação x denotação/variação lingüística e concordância verbal.

 

Em todos os fragmentos extraídos do texto, utilizou-se a conotação como recurso, EXCETO em

A) “Os primeiros livros feitos com tipos móveis renováveis, predecessores das publicações atuais, surgiram no século XV e semearam uma revolução.”

B) “Na semana passada, a Amazon, a maior entre as livrarias on-line, lançou o Kindle, aparelho para ser usado na leitura de textos em formato digital.”

C) “A Sony produziu duas versões de livros digitais entre 2004 e 2006: o Librié e o Reader. O primeiro naufragou.”

D) “Pioneiros como o SoftBook e o Rocket eBook eram caros (500 dólares), pesados (1,5 quilo) e tímidos em termos tecnológicos(…).”

E) “A oferta de amplo conteúdo permite à dupla Kindle-Amazon um sonho mais ambicioso: (…).”




 

QUESTÃO 06 (Descritor: identificar índices contextuais e situacionais como marcas de oralidade no processo de construção do texto.)

Assunto: Norma culta e norma popular/concordância verbal.

Leia as placas abaixo encontradas em imóveis para venda ou aluguel.

I- Alugo lojas neste prédio.

II- Vende-se apartamentos de 02 e 03 quartos na região.

III- Vende-se casa no lagoa.

IV- Aluga-se imóveis comerciais na região.

Alguns dos anúncios apresentam marcas de oralidade e desvios em relação à norma culta. Assinale a alternativa que apresenta uma consideração INADEQUADA sobre os anúncios acima.

A) No anúncio I, o pronome ‘neste’ deveria ser substituído pela forma ‘nesse’, indicando o prédio no qual estava o anúncio.

B) No anúncio II, o verbo está flexionado inadequadamente, pois o núcleo do sujeito ‘apartamentos’ é plural.

C) No anúncio II, a conjunção ‘e’ deveria ser substituída pela conjunção ‘ou’, a fim de melhorar a coerência textual.

D) No anúncio III, a palavra ‘lagoa’ deveria vir grafada com letra maiúscula, por se tratar de um bairro da cidade.

E) No anúncio IV, o SE é uma partícula apassivadora, portanto, o verbo deveria estar flexionado no plural, concordando com o sujeito paciente.

 

Gabarito dos exercícios  de variação linguística e concordância verbal

QUESTÃO 01 B
QUESTÃO 02 A
QUESTÃO 03 B
QUESTÃO 04 C
QUESTÃO 05 B
QUESTÃO 06 A
6 exercícios de variação linguística e concordância verbal
1 (20%) 1 vote

Site Quero Passar

Site educativo com informações sobre o Enem, SISU, Prouni, vestibulares e concursos. Material de apoio, revisão e produtos educativos e dicas para otimizar os estudos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *